Segunda-feira, 14 DE Junho 2010

O dia futebolístico começou por colocar em confronto as duas selecções mais cotadas do grupo E, uma conhecida pela solidez defensiva e avidez pelo contra-golpe e a outra recordada pelo ataque continuado, imaginativo e produtivo. Na Dinamarca os receios de que Bendtner não estivesse a 100% não contrastavam com a impossibilidade da Holanda apresentar Robben.

Engalanado, o Soccer City de Joanesburgo viu a selecção das tulipas iniciar o encontro com a habitual sucessão de passes e desmarcações mas sem a profundidade que desejavam nas laterais ou fluidez nas zonas mais centrais uma vez que os dinamarqueses muito raramente quebravam a sua laboriosa e rígida sociedade onde centrais Kjaer e Agger se destacavam. E a primeira parte foi muito isto, construção holandesa sem perigo e onde van der Vaart não se entendia com Sneijder em contraste com corridas desenfreadas dos vikings com o objectivo de servir o perdulário Bendtner que permitiu a saída para intervalo sem golos.

O recomeço da partida foi a abertura do ferrolho, uma bola que parecia de fácil resolução por Simon Poulsen foi afinal projectada para as costas de Agger que definiu a direcção das redes inaugurando ali o marcador para a Oranje. E quem esperava a partir daí um jogo mais aberto por parte dos dinamarqueses, sentiu-se defraudado e nem a entrada de Gronkjaer permitiu retocar o cinzentismo dinamarquês. Pelo contrário, a saída de van der Vaart para entrada de Elia terminou com quase todas as veleidades adversárias e ajudou a definir uma postura mais agressiva e fluída na ala esquerda. Dito isto, não foi por acaso que em mais um raide de Elia a bola do poste sobrasse para Kuyt sentenciar o encontro.

Para a Holanda pareceu a continuação lógica da fase de apuramento, com os golos e a vitória mas sem brilho nem Robben ainda assim o objectivo foi cumprido. A Dinamarca tem dois jogos para se fazer valer e disfarçar as suas limitações.

 

Melhor em Campo: 10 Wesley SNEIJDER

 

publicado por Spinafro às 15:23
Esse miúdo Elia, já no jogo frente à Hungria tinha "abanado" o jogo e foi muito à custa dele que a Holanda goleou. É um "falso-extremo" que beneficia do estilo de jogo holandês.

Contudo, nem tudo são rosas para a Holanda. Embora dizem que eles têm das melhores defesas europeias, tendo em conta a sua perfromance na qualificação para o mundial, o que eu vi hoje foi o que já antevia, i.e., Brendtner iria criar dificuldades. Foi o que aconteceu. Valeu foi a má forma dos alas dinamarqueses.

Po outro lado, Van Persie a avançado centro... não gostei. Este rapaz não sabe jogar de costas para a baliza. Com um "Hunter"laar no banco, das três uma:
1 - Ou joga com os dois lado a lado;
2 - Ou joga com o Van Persie como falso extremo;
3 - Ou joga com o "Hunter" em vez do van Persie.

Do lado da Dinamarca, eu gostei da dupla de centrais. Se já gostava do canhoto Agger, fiquei ainda mais fan do Kjaer. Embora sejam nórdicos, é interessante realçar a qualidade técnica de ambos os jogadores. Isso reflecte-se com a bola nos pés e nos passes, muito embora o jovem Kjaer tenha tido ali uma situação que revelou a sua imaturidade.

Em termos de laterais, é certo que o Simon Poulsen ficou marcado pela negativa com o auto-golo, mas o rapaz tem valor. Precisa é de melhorar o seu gesto técnico de cabeceamento... Doutro lado, o Van Der Wiel, só confirma os excelentes apontamentos durante toda esta temporada. Ambos aliam qualidade técnica, física e velocidade.

A Dinamarca precisa de alguém que desiquilibre na linha se quer pensar seguir em frente neste mundial...
PP a 14 de Junho de 2010 às 16:08
Obrigado peo comentário. Considero a dupla Kjaer/Agger como a melhor de todas as selecções neste mundial e também corroboro a questão van Persie, miúdo muito irregular e que mesmo que assim não o fosse o lugar dele não é como jogador mais avançado. Em relação há alegada grande qualidade da defesa holandesa, tenho muitas dúvidas que assim aconteça.
"à alegada", corrijo.
Spinafro a 14 de Junho de 2010 às 17:37
10 para o sneijder? acho que até esteve um pouco abaixo do habitual.
Mas boa crónica.
Jorge a 14 de Junho de 2010 às 16:27
Olá Jorge. 10 é o número dele, não usamos sistema de notas aqui ;)
ah peço desculpa é que por curiosidade ontem também havia o Podolski -10
Jorge a 14 de Junho de 2010 às 16:37
Acabei agora de ver a gravação do jogo e gostei bastante da Holanda, mesmo que ainda tenha jogado num ritmo menor do que o esperado. Tenho é algumas dúvidas se aquela defesa vai aguentar, noutra fase da competição, um ataque que concilie maior qualidade e presença física.
Quanto ao Van Persie, para mim é avançado. Obviamente rende melhor com alguém ao lado, que complemente a sua mobilidade. Mas com o Robben, em vez do Van der Vaart, parece-me que o trio vai funcionar melhor e, com as mudanças de flanco do careca, vamos ver muitas vezes o Kuyt a assumir a posição de pivot e a atirar o Van Persie para a ala esquerda.
N.T. a 15 de Junho de 2010 às 00:32

Junho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
fantasy league jabulani
fantasy league jabulani (clica na imagem)

Jabulani Fantasy League

Código - 361892-84570

arquivos
2010
pesquisar neste blog
 
Jabulani Blog

Divulga também a tua página
últ. comentários
o craque do jogo foi o cavani
Olá pessoal! Estou aqui para trazer a vocês a gran...
Olá pessoal! Estou aqui para trazer a vocês a gran...
Olá pessoal! Estou aqui para trazer a vocês a gran...
Agora que o Mundial de futebol terminou, importa r...
Não sendo propriamente um criativo de futebol, que...
Sr. Gonçalo Sousa, você não foi para aqui chamado....
Se vais pelo número de jogos não podes por o Coent...
Isto é incrível.Qualquer merda hoje em dia tem um ...
Calça meia grossa, Ribeiro
Posts mais comentados
blogs SAPO