Segunda-feira, 21 DE Junho 2010

Chegamos ao jogo 2 de Portugal no mundial. É o tudo ou nada. A Selecção já sabe do resultado do Brasil 3-1 Costa do Marfim, portanto a vitória diante da Coreia do Norte é o único caminho possível. Mas será que até à hora do jogo não vai acontecer mais nada de anormal?

A lesão de Nani começou por gerar alguma controvérsia no seio da Selecção. Depois vieram as declarações falhadas de Nani, o pedido de desculpas, mais umas especulações e por fim um comunicado. Portugal entrou em campo, fez um jogo paupérrimo ao nível do que já tinha acontecido durante a fase de qualificação e aparece Deco. Mas pelas piores razões. O jogador não esteve bem na partida, foi substituído e não gostou. Criticou Queirós quando o jogo terminou, colocou em causa publicamente as opções do treinador, desmentiu e emitiu comunicado, bem ao estilo do que já tinha feito Nani. Depois seguiram-se 2 dias a discutir se Deco deveria ou não continuar na Selecção, se Queirós tinha ou não que dar o exemplo, se...até que surge a lesão de Deco. Na anca direita lê-se no comunicado da FPF, mas em abono da verdade apareceu numa altura perfeita.

Queirós não pode contar com o jogador, eu acredito que Deco não fosse jogar porque o seleccionador não o iria colocar no 11 titular, mas é um facto que a lesão surge quando menos se esperava.

No meio de tudo isto, e no imbróglio que estamos metidos pouco ou nada se fala de futebol. Daquilo que verdadeiramente no faz adorar, ver e sentir o mundial de 4 em 4 anos. Quem vai colocar Queirós no lugar do Deco, mantém Pedro Mendes, estamos a combater de forma eficaz a ansiedade que pode surgir se não conseguirmos fazer um primeiro golo bem cedo contra os Coreanos, na frente continua Liedson desapoiado, será que o Ronaldo está a ser bem acompanhado para voltar aos golos. Tudo isso passa ao lado.

É a quarta vez que Portugal vai defrontar equipa asiáticas em mundiais. Primeiro em 1966 com a vitória mítica por 5-3 diante da Coreia do Norte, depois derrota na Coreia do Sul em 2002 e 4 anos mais tarde em 2006 nova vitória agora contra o Irão.

Equipa provável:

Eduardo, Paulo Ferreira, Ricardo Carvalho, Bruno Alves, Fábio Coentrão, Pedro Mendes, Danny, Raul Meireles, Cristiano Ronaldo Simão, Liedson

"Este é o jogo do tudo ou nada e os jogadores têm consciência disso. Vamos encarar a partida com toda a determinação e ambição do único resultado que nos interessa: a vitória. Temos todo o respeito pela Coreia do Norte, já que, neste Mundial, só existem parentes pobres no papel."

Carlos Queiroz, seleccionador de Portugal

"Portugal é uma das selecções candidatas ao título. Começámos esta competição contra uma das equipas mais fortes do Mundo e acho que a pressão será menor contra Portugal. Temos hipóteses reais de vencer a partida."

Jong Tae-Se, avançado da Coreia do Norte

publicado por Pedro Varela às 00:01
tags:
Belo "post" Varela!

Fica aqui o meu "wining eleven" para o "clube" Portugal, 4-2-3-1 (ou até 4-1-2-1-2):

Eduardo; Miguel, Ricardo Carvalho, Bruno Alves, Fábio Coentrão; Raul Meireles, Miguel Veloso; Ronaldo, Danny, Simão; Hugo Almeida.
PP a 21 de Junho de 2010 às 00:34
Má aposta!
O Paulo Ferreira frente à Costa do Marfim mostrou que não acerta nem a atacar, nem a defender... mal por mal, arriscava no Miguel que pode até nem estar em grande forma, mas sempre é mais ousado a atacar!
O Danny podia ser solução se tivesse grande dinâmica com o Ronaldo. Se eles estivessem sempre a trocar de posições, a coisa resultava, de outra forma (a mais previsível) não!
Assim como o Simão a extremo...a velocidade que era a grande arma do Simão é coisa para saudosistas. Deviam era adaptá-lo a 10 e arriscar no Coentrão a extremo com o Duda atrás (o poder de elevação não será problema porque os coreanos não jogam pelo ar)... Aí ganhávamos um extremo que serve muito bem os avançados e com velocidade para a posição. Encostar o Ronaldo a uma faixa é tirá-lo do jogo. O Ronaldo precisa de ter a bola , movimentar-se nunca atrás da linha do meio-campo e jogar como falso avançado com acontecia no último ano no Manchester e recentemente no Real...
O Pedro Mendes é outro que não deixa dúvidas na forma de jogar. Sempre certo, não sei se apostar em Veloso, no decorrer da partida, não seria melhor jogado. Sabendo-se da sua capacidade para as bolas paradas e remates de meia distância... Espera-se que Portugal encoste várias vezes a Coreia à área e nessas alturas não há ninguém no meio campo com bom pontapé (não quiseram convocar o Manuel Fernandes para levar o banal Tiago...) pelo que o Veloso podia ser muito útil!
Mesmo o Pepe (não sei como ele se encontra fisicamente, mas até ver um possível erro de convocatória) poderia dar muito jeito nas bolas paradas.



Meu onze:
Eduardo, Miguel, Carvalho, Alves, Duda; Pedro Mendes (Veloso entrava no decorrer da partida), Meireles, Simão, Coentrão; Ronaldo e Liedson.
Pedro a 21 de Junho de 2010 às 03:47
E agora o 11 de CQ:

Portugal (4x3x3): Eduardo -
Miguel, R. Carvalho, B. Alves, F. Coentrão - P. Mendes - Tiago, R.
Meireles - C.Ronaldo, Simão - H. Almeida.
J.G. a 21 de Junho de 2010 às 11:26

Junho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
fantasy league jabulani
fantasy league jabulani (clica na imagem)

Jabulani Fantasy League

Código - 361892-84570

arquivos
2010
pesquisar neste blog
 
Jabulani Blog

Divulga também a tua página
últ. comentários
o craque do jogo foi o cavani
Olá pessoal! Estou aqui para trazer a vocês a gran...
Olá pessoal! Estou aqui para trazer a vocês a gran...
Olá pessoal! Estou aqui para trazer a vocês a gran...
Agora que o Mundial de futebol terminou, importa r...
Não sendo propriamente um criativo de futebol, que...
Sr. Gonçalo Sousa, você não foi para aqui chamado....
Se vais pelo número de jogos não podes por o Coent...
Isto é incrível.Qualquer merda hoje em dia tem um ...
Calça meia grossa, Ribeiro
Posts mais comentados
blogs SAPO