Sábado, 03 DE Julho 2010
E o último dia dos quartos de final reserva-nos mais dois grandes duelos. A tarde começa com mais uma final antecipada: Argentina - Alemanha. Já à noite, um duelo em castelhano irá dar-nos o segundo último meio-finalista deste mundial. Quais serão os outros dois semi-finalistas?
A final antecipada! (Argentina - Alemanha; 15:00; Estádio Green Point)

Argentina Argentina Germany Germany
Estou a ficar preocupado com o seguinte: depois da eliminação da Inglaterra, depois da eliminação da França, depois da eliminação de Portugal, depois da eliminação do Brasil, começa a faltar candidatos daqueles dignos de entrar numa final e de jogar o jogo pelo jogo, olhos nos olhos. Por isso mesmo, quero desde já dar os parabéns a qualquer uma destas duas selecções que tanto têm dignificado e valorizado o futebol positivo.
A Argentina de Maradona, é uma equipa fenomenal. Tem soluções para todo o tipo de situações de jogo. Conta com o actual melhor jogador do mundo, Messi (mas, CR7, para mim continuas a ser o melhor!). Conta também com um seleccionador que de "parvo" não tem nada e é bem capaz de dar muitas lições de futebol a muitos entendidos de tácticas de papel passado. Para além disso, o homem é um espectáculo dentro do próprio espectáculo. Mas, será que tudo isto é o bastante para seguir em frente?
Vejamos: a alviceleste tem um problemazinho que poderá ser um problemazão, pois está em dúvida o seu central mais experiente, Samuel. Depois, há a questão sobre a forma como a Argentina irá jogar o encontro, ou seja, se irá aplicar o mesmo esquema que tem vindo a usar, ou se irá haver mudanças de forma a reforçar o meio-campo ou a defesa.
Se eu estivesse na pele do Maradona, arriscaria a melhor equipa, ou seja, aquela que melhores resultados deu durante o mundial, com Romero na baliza, um quarteto defensivo com Gutierrez, Demichelis, BurdissoHeinze; um meio campo em "diamante" com o capitão Mascherano, o interior direito Maxi Rodriguez, o rapidíssimo ala esquerdino Di Maria e o "diez" Messi. Lá na frente a dupla está feita entre Tèvez e Higuaín. Com uma equipa destas e com um banco onde só em opções de ataque tem-se Agüero, Milito e Palermo, quem é que estaria preocupado em termos ofensivos?
A Alemanha de Low, é uma equipa. Pode parecer pouco, mas quanto a mim significa tudo. Se formos a ver bem, haverão poucos jogadores que constituem o onze germânico e que a maioria escolheria como titulares para a sua equipa. Isto em comparação até com a constelação de estrelas da alviceleste. Nada de mais errado. Eu próprio tenho andado a pensar como é surpreendente o trabalho técnico na construção desta equipa alemã. Claramente é uma daquelas equipas em que para destacar um só jogador, penso que teria que destacar todos os outros. É de todas as selecções deste mundial aquela que menos dependência possui de um só atleta. Mas, se podessem escolher apenas um, qual seria? Pensei muito, reflecti um pouco mais e... cheguei à conclusão que seria o esquerdino "mágico" Özil em exécuo com Müller. Estes dois simbolizam bem a Alemanha dos tempos modernos, uma sociedade mais multicultural do que alguma vez foi. E esta mistura pelos vistos tem sido explosiva e muito bonita. Pelo menos em termos futebolísticos. Fica aqui a mensagem positiva de união de culturas em torno do desporto.
Mas, não é só de juventude que vive esta bela Alemanha. Estou convicto de que o experiente ponta-de-lança germânico persegue ainda o recorde de Ronaldo, o fenómeno brasileiro. Será que irá atingí-lo? Bem, se conseguir uma média de um golo por jogo até à final...
Em termos de onze base, penso que os germânicos não irão mudar nada só por causa de terem doutro lado a Argentina. Aliás, isto é característica comum da sua forma de pensar e é talvez dos pormenores mais importantes que as culturas latinas deveriam tentar implementar, até porque os alemães têm tido quase sempre sucesso. Sendo assim, conto com a guarda da baliza feita pelo jovem Neuer, o quarteto defensivo constituído por Lahm, Mertezacker, Friedrich e Badstuber. Talvez no posto da lateral esquerda possa surgir a grande surpresa, dado que nos últimos encontros vimos a utilização de Boateng (mais defensivo) e Jansen (mais ofensivo). No meio-campo, um dúo constituído por Khedira e Schweinsteiger. Lá na frente um tridente bastante móvel formado por Müller à direita, Özil ao centro e Podolski à esquerda, todos a alimentar o "bomber" Klose. Com Gomez, Cacau e Kiessling, no mínimo existe elementos de peso no banco, não acham?
Prognósticos da "Jabu": mais um jogo de tripla! Sinceramente, que ganhe o melhor. Que amanhã quem vencer seja realmente merecedor e que o faça com grande arte e engenho. Que ganhe o futebol acima de tudo!
Destaques do jogo: Messi contra... Alemanha? Özil contra Argentina? Será?
Encontro castelhano (Paraguai - Espanha; 19:30; Estádio Ellis Park)

Paraguay Paraguay Spain Spain
A equipa que melhor defende na américa latina, contra a equipa que melhor ataca na equropa, pelo menos actualmente, é este o prato que será servido no jantar deste sábado.
O Paraguai, tem sido uma desilusão em termos ofensivos neste campeonato do mundo, muito embora já esteja nos quartos de final. Não tem sabido aproveitar bem todo o seu potencial ofensivo. Como já tive oportunidade de escrever noutros dias, os guaranis são muito defensivos. Normalmente actuam num 4-4-2 ou num 4-3-3 híbrido. Jogam a um ritmo lento, pois isso beneficia a sua defesa. Contudo, em termos atacantes não beneficia em nada. Aliás, os seus golos ora têm acontecido de bola parada (cantos, livres e penalties), ora têm surgido de ressaltos os roubos de segundas bolas por parte da sua linha média.
No entanto, será desta que Santa Cruz irá aparecer em campo? Ou isso está apenas reservado para os "posts" da Cristina Bessa, ;P? E Cardozo, será que depois do golo que valeu a passagem aos "quartos" irá merecer a confiança do seleccionador para ser titular frente à Espanha?
A Espanha, ao contrário do Paraguai tem sido um regalo em termos ofensivos neste mundial, muito embora Torres tenha andado às turras com as balizas adversárias. Os espanhois são dos que melhor jogam em equipa nesta competição e parece que a cada jogo que passa, as suas debilidades são cada vez menores. No jogo frente aos "navegadores", a armada espanhola apresentou um futebol bem mais seguro e soube sempre responder com arte e engenho aos pormenores tácticos do adversário. Liderados por um Xavi a meio-campo, um Piquet na defesa, um Casillas a proteger as redes e um Villa mortífero, eis a Espanha, candidata à passagem às meias-finais.
A táctica, bem essa é motivo de debate, pois é das equipas mais híbridas que está neste mundial.
Prognóstico da "Jabu": embora seja um jogo de quartos de final e com toda a carga emocional que daí advém, penso que o Paraguai não tem o que é realmente necessário para surpreender esta Espanha que executa bem e rápido. Penso que será um encontro totalmente desnívelado, jogando-se praticamente no meio-campo do Paraguai. Pelo menos é isso que os guaranis têm oferecido a adversários de peso. Será que irão manter essa estratégia?
Destaques do jogo: Villa contra Villar? Barrios contra Piquet? Será?
PP
PS: Sabem qual o único clube representado em todos os jogos destes quartos de final do mundial?
publicado por N.T. às 03:45
editado por J.G. às 12:03
O Benfica!!!! O Di Maria ainda era jogador do SLB! Maxi Pereira, Luisão e Ramires, Di Maria, Oscar Cardozo!
S a 3 de Julho de 2010 às 13:53
Muito bem S!

É isso mesmo!
PP a 4 de Julho de 2010 às 11:49
Prognósticos: Alemanha e Espanha. Aposto numa final Holanda-Espanha.
cristina a 3 de Julho de 2010 às 13:55
Boa Cristina!

Grande prognóstico. Estiveste certíssima quanto aos quartos de final... agora às meias... será que vais manter a opinião, face ao que vimos ontém?

;D
PP a 4 de Julho de 2010 às 11:59
PP mantenho mais por teimosia do que por pensar que assim será. A Alemanha é a equipa mais forte, mais equilibrada. E contra todos aqueles que defendem o futebol moderno feito de contas, tácticas e números a Alemanha foge a tudo isso com momentos de brilhantismo. Anima ver um jogo da selecção alemã, a vantagem é que não tem estrelas, tem um colectivo com individualidades de grande nível. Esta análise vale também para a Holanda, sendo que esta é menos arrumadinha que a Alemanha.
cristina a 4 de Julho de 2010 às 12:26
O Glorioso! Pena que o Tacuara falhou o pênalti, mas pelo menos continuamos representados nas meias-finais!

Parabéns pelo blog, continuem com o bom trabalho!
Maurício (Salvador-BA) a 4 de Julho de 2010 às 05:30
Boa Maurício!

E, já agora, em nome dos "posters" o muito obrigado pela tua preferência!

=D
PP a 4 de Julho de 2010 às 11:50

Julho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
fantasy league jabulani
fantasy league jabulani (clica na imagem)

Jabulani Fantasy League

Código - 361892-84570

arquivos
2010
pesquisar neste blog
 
Jabulani Blog

Divulga também a tua página
últ. comentários
o craque do jogo foi o cavani
Olá pessoal! Estou aqui para trazer a vocês a gran...
Olá pessoal! Estou aqui para trazer a vocês a gran...
Olá pessoal! Estou aqui para trazer a vocês a gran...
Agora que o Mundial de futebol terminou, importa r...
Não sendo propriamente um criativo de futebol, que...
Sr. Gonçalo Sousa, você não foi para aqui chamado....
Se vais pelo número de jogos não podes por o Coent...
Isto é incrível.Qualquer merda hoje em dia tem um ...
Calça meia grossa, Ribeiro
Posts mais comentados
blogs SAPO