Caro Varela, Deus sabe perdoar... ;D Mas, compreendo perfeitamente o que escreveste, pois toda a gente soube da injustiça do golo que qualificou a França para este mundial.

Quanto ao jogo, fiquei muito contente, pois para mim foi o melhor encontro disputado neste mundial. Em termos técnicos, tácticos, mentais e físicos, o México esteve sempre por cima. Destaques individuais vão para:
- Dominguez, a torre no centro da defesa;
- Salcedo, o ambidestro que joga a lateral esquerdo esteve sublime, grande pulmão, grande balanceamento e equilíbrio tanto com e sem bola, muita velocidade e precisão no passe.
- Marquez, este nem precisa de grandes elogios, pois toda a gente sabe o queo "kaizer" mexicano é capaz de fazer. A jogar como médio defensivo, é um luxo, basta ver a assistência que ele fez para a nova coque-luxe dos "Red Devils".
- Hernandez, o novo pupilo de Sir Alex, está "on-fire" com 5 golos em 5 jogos pela selecção mexicana e logo com um golo no seu primeiro jogo num mundial. Claramente um jogador estrela!
- Giovani Dos Santos, para mim o MVP deste jogo. Não pelo que correu, não pelo que lutou, não pelo que abanou no ataque, mas sim pelo crescimento que evidenciou em todo o encontro. Jogou na direita, na esquerda e até no centro, sempre com o mesmo fulgor. Exibição de 7 estrelas!

Henry de braços cruzados, revela o actual espírito desta selecção gaulesa. Outra imagem nítida do banco gaulês dá-nos a ideia de que Domenech está completamente sózinho a um canto... muito mal para os blues. Era para isto que foram para o mundial com um mãozinha? O que eu sei é que já estão com um pézinho fora...

PS: Será a vingança do duende irlandês? Não digam ao Domenech, pois é bem possível que acredite... ;P
PP a 17 de Junho de 2010 às 22:56
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres