Se se confirmar, espero gostar de ver o Veron e o Maxi em simultaneo na equipa. Dadas as opções que tem nos 23, fui-me convencendo que o 3 de meio campo mais funcional na harmonia da equipa, com a consequência de ter Jonas ofensivo na defesa direita, e Messi +2 no ataque, é Mascherano, Veron e Maxi. Hoje não joga Jonas por castigo, e Mascherano deverá ser poupado com Bolatti nesse lugar, tornando as circunstâncias diferentes. Mas gostava de ver. Se será funcional como eu gostaria que fosse.

Por requintes de malvadez, por uma vez na vida desejava que a França se mantivesse na competição. Para que como nas palavras no Alex Chick, citando de cor em tradução muuuito livre: se arrastem numa intriga palaciana, de processo e protocolo complexo, no lodo! e o Mundo a gozar o prato. De borla. Só mais uma semanita.

Ukra, Rufai.
joe a 22 de Junho de 2010 às 12:23
Parabéns joe! Acertaste no quiz da "Jabu"! ;D

Quanto à questão do Veron e Maxi, tendo que tirar o Di Maria do meio-campo, eu penso que seria um erro neste sentido: Di Maria é o único que consegue alargar o jogo ofensivo com eficácia naquele meio-campo e ataque. Todos os outros jogadores têm tendência para afunilar o jogo, o que poderia resultar num autêntico atrufiamento ofensivo. Para além disso, atendendo ao facto da Grécia povoa muito o seu meio campo, iriamos assistir a um jogo quesilento e tedioso.

O que falta à Argentina é saber utilizar melhor o Di Maria. Existem dois jogadores no qual é literalmente entregue a bola quando a argentina ataca: Messi e Tevèz. Até agora têm resolvido bem, pois, convenhamos que a resistência doutro lado é insipiente. Mesmo assim, frente à Nigéria foi notória que quando esta sociedade não está em dia sim, têm muitas dificuldades. Depois, penso que o Di Maria tem cumprido, ajuda Heinze a defender, aparece no local certo no ataque... apenas tem o azar de não lhe passarem tanto a bola. Mas, equilibra e muito a equipa.

Quanto aos franceses, percebo o que tu queres dizer, mas penso que a África do Sul, com todo o trabalho já efectuado merece mais que os "bleus".
PP a 22 de Junho de 2010 às 12:56
Não há prémios? ;)

Pois tens razão no que dizes serem as funções do Di Maria na equipa. Eu vejo isso igualmente. Gostava agora de ver outra solução. É que além de ser preciso utilizar melhor o Di Maria é necessário que ele o consiga.
Ora: O Veron como interior direito no preciso lado onde o Jonas ataca(atacaria se jogasse hoje), e o Maxi nas funções à esquerda que o Di Maria tem feito, ele que pode jogar pela esquerda, é igualmente um carrilero, e creio ser mais fiável sem bola... Tendo 3 homens de vocação ofensiva a quem não se devem carregar com excessivas funções de defender, penso que o meio campo precisa mais recuperação que aquela que o DM pode dar. Se o Maxi a dá, e se pode razer mais valia à equipa gostava de ver. Se for efectivamente um erro na prática, não se insiste mais.

Claro que não acho que os franceses mereçam coisa alguma. Por razões irlandesas e tantas mais! Quero é vê-los a penar. Se puder ser no Mundial debaixo dos holofotes todos, melhor. eheh
joe a 22 de Junho de 2010 às 13:18
Olha, eu não tomava o Maxi como um "carrilero" de jogar na linha. Acho que ele é um jogador ao estilo de Maniche, intenso, com boa capacidade técnica, mas não um driblador nato. Se tivéssemos a falar do Di Maria de à dois anos atrás, escrevia o mesmo. Agora, ele evoluiu imenso, inclusivé nos aspectos defensivos e de pressão sobre o adversário. O pé esquerdo que possui permite a meio-campo outro tipo de saídas a jogar que com um destro não permite. Penso que é também por aí que o Di Maria leva vantagem.

Mas, este é um encontro que o Maradona pode fazer experiências e nesse contexto até acho que poderá experimentar tal como tu dizes.

Sobre os franceses, a humilhação maior é serem já eliminados agora, pela África do Sul e mais nada! É que se não for assim e eles passarem à próxima fase, corremos o risco de vermos uma nova "Itália"... até porque costuma dizer-se que depois da tempestade vem a bonância.

Para além disso, é uma afronta o Domenech com mais uma vitória entrar para a história do futebol francês como o seleccionador mais triunfante... lol!
PP a 22 de Junho de 2010 às 13:42
Maxi como Maniche? Nada a ver. Toda a formação do Maxi foi como médio ala. Direito, por natureza. Bom driblador, claro. Faz uma perna ou duas à esquerda quando é preciso. Com a idade tem perdido explosão, mas cresceu tacticamente.
Anónimo a 22 de Junho de 2010 às 19:10
Esqueci-me de assinar.
joe a 22 de Junho de 2010 às 19:12
Joe,

Pelos vistos, o Maradona ouviu-te. Gostaste da argentina hoje?

Eu como não vi o jogo, apenas vi agora a ficha de jogo no site da FIFA, lembrei-me logo da nossa conversa à hora de almoço.

Como se portou o Veron? Ah! E já agora, o Di Maria entrou bem?

PS: Palermo sempre marcou... a importância de um avançado referência para equipas com tantos artistas é mesmo fundamental. É como um farol no meio do mar numa noite bem escura...
PP a 22 de Junho de 2010 às 22:04