vitória merecida. vai ser interessante ver o jogo com o Uruguai, equipa mais atacante e mais organizada.
cristina
Anónimo a 26 de Junho de 2010 às 22:33
Escrevi isto no prognóstico da "Jabu" para hoje:

Duma coisa sei: será o jogo mais emocionante deste dia!

BINGO! Mas, também era fácil de antever isso mesmo. Bastaria reparar na forma como a equipa do Gana se reune em campo antes de ir para os intervalos. Ou na forma como os americanos lutam até ao fim.

Este foi um daqueles jogos em que ambas as equipas poderiam ter seguido em frente, pois mereceram. Hoje não houve quanto a mim derrotados, mas sim vencedores. Hoje o futebol venceu. E quando isso acontece fico muito, mas mesmo muito feliz.

Apenas, gostava de fazer aqui uma crítica e umas perguntas a quem conheça pessoalmente o seleccionador americano:
1 - porque é que Edu não começou o jogo de início quando foi dos melhores jogadores americanos nos últimos dois encontros?
2 - sabendo-se do historial que Altidore e Adu têm dos escalões jovens, porque é que não se convocou o Adu? É que hoje olhei para o Finley e fiquei a pensar... ai se estivesse Adu, um jogador que possui química com Altidore...
3 - por onde anda um tal de Sal Zizzo, médio ala direito que em 2007 no mundial de sub 20 foi uma das grandes revelações?

Eu penso que no final deste encontro o Bob Bradley sente que a sua equipa perdeu um pouco devido às suas opções. Mas, vivendo para aprender Bob. Força e continua o bom trabalho. Porque no geral, foi uma excelente performance neste mundial: não perdeu um único jogo em 90 minutos.
PP a 27 de Junho de 2010 às 00:59
PP, o Adu, mais uma vez, nada fez no clube onde está. É natural que olhem para ele e vendo que nem em clubes de pequena dimensão se safa, não confiem no seu potencial.
N.T. a 28 de Junho de 2010 às 00:15
O Altidore também não... e está lá... enfim... para mim isso não é justificação, sobretudo numa selecção como a americana.

Adu e Altidore foram das melhores duplas que vi jogar no mundial de sub 20 de 2007.

Um é tanque, o outro é o criativo, complementam-se em tudo. Eu vi o Finley, que é só corrida, mas química com o Altidore... epá... não vi!

Sinceramente, a história do Adu está muito mal contada! Tu, eu e todos os que vão ao estádio da Luz, sabe que quem joga pela primeira vez com o manto sagrado, que entra já o jogo está a decorrer, e faz um golo, não pode ser zarolho!

Ele precisa de um treinador que invista nele. Que acredite nele. Achas que o Ricardo Gomes iria fazer alguma coisa por ele, sendo ele um emprestado? E o José Carlos Pereira? Achas que ele iria tirar o lugar do onze a um Fredy, proveniente da cantera para meter um tipo como o Adu, emprestado do Benfica?

Cá em Portugal não se faz isso, quer nos clubes grandes, quer nos clubes pequenos, pois estes armam-se na sua maioria em grandes, pois pretendem seguir os mesmos modelos de gestão desportiva.

Aquele Edu, o Adu e o Altidore... estes três numa equipa nacional e estaria facilmente a lutar pelo 5º lugar ou mais em Portugal. São muito bons jogadores. Gosto da mentalidade deles. Têm uma mentalidade positiva. Daquelas que fazem bom balneários. Daquelas que estão sempre disponíveis para aprender. Daquelas que não têm grandes peneiras.
PP a 28 de Junho de 2010 às 01:07
Eu gostei de certos pormenores revelados na Luz e teria apostado no crescimento dele no seio do plantel do Benfica, mas quem decide tem/tinha outras ideias e o Quique não viu nele o mesmo potencial que o Camacho. Precisa(va) de ser trabalhado em aspectos tácticos, mas tinha uma espontaneidade que me agradava muito. O que estranho é ter sido dispensado do Belenenses a meio da temporada e passar-se o mesmo agora na Grécia. Vai por 18 meses com opção de compra, raramente joga e é recambiado ao fim do primeiro semestre.
O Altidore no Hull City era titular, tem ritmo de jogo.
N.T. a 28 de Junho de 2010 às 01:18
Foi dispensado da Grécia?

Sinceramente, não compreendo. É daqueles miúdos de fácil trato, que sabe o que é o profissionalismo desportivo desde tenra idade. Que sabe estar no desporto. Que tem talento.

Será que algum dos seus treinadores sabe falar inglês? Lol!

Eu já acredito em tudo!

Deveria ir para Inglaterra. Na Luz, em vez de ter gasto dinheiro em jogadores como Kardec, Éder Luizes, etc, teria apostado na dupla Makukula & Adu. Penso que era capaz de ter o mesmo nível de eficácia que Cardozo & Saviola.
PP a 28 de Junho de 2010 às 12:55
O "6" do Gana enche-me as medidas. Aquele meio campo a funcionar e as movimentações do ataque são das melhores coisas que este Mundial tem revelado.
O "6" chama-se Annan e anda perdido por um clube da Suíça.
J.G. a 27 de Junho de 2010 às 01:50
Mas transferiu-se agora? Ele jogava no Rosenborg.
Agora ri-te com esta: a alcunha do gajo no Gana era Pablo Aimar.
N.T. a 28 de Junho de 2010 às 00:13
o Annan ... Palito? eh eh eh maravilhoso. :)
J.G. a 28 de Junho de 2010 às 11:44