Sexta-feira, 02 DE Julho 2010

A analogia de Ronaldo acabou por revelar-se infrutífera, já que o golo diante da Coreia do Norte não derramou sobre o relvado o ketchup que o português prometera. Isto apesar dos 21 remates que o colocam entre os mais rematadores. Aqui domina outro astro do futebol moderno, que vem realizando um Mundial de elevada categoria mas conserva um registo nulo no que toca a golos. Messi conta já com 23 remates, mas os 19 de Villa, os 13 de Higuain ou os 11 de Vittek revelam-se bem mais rentáveis. Eles são os melhores marcadores do torneio até ao momento.

 

TOTAL REMATES:

Lionel Messi  23

Asamoha Gyan   23

Cristiano Ronaldo   21

 

REMATES À BALIZA:

Lionel Messi   13

David Villa   12

Asamoha Gyan   10


GOLOS:

Robert Vittek   4

Gonzalo Higuain  4

David Villa   4

 

No que toca a assistências para golo, os destaques são o brasileiro Kaka e o alemão Muller, que, acrescentando 2 concretizações frente à Inglaterra, é o jogador do torneio com mais participações em golo. Ambos levam já 3 assistências. Já na condução dos ataques, Messi e Sérgio Ramos sobressaem com 20 iniciativas individuais, seguidos por Ronaldo e Podolski, com 19. Mas se Messi perdeu apenas 3 bolas em consequência das suas acções, o lateral revela-se menos eficaz: só foi bem sucedido em 6 ocasiões.

 

Do ponto de vista defensivo há que sublinhar o papel do argelino Madjid Bougherra, com 10 recuperações de bola em 3 jogos. O defesa, que contabilizou apenas 3 faltas no torneio, integra ainda um numeroso lote de jogadores com 8 tackles, ganhando a posse de bola em 5 dessas situações. Neste aspecto, a sua eficácia só é igualada pelo suíço Grichting e pelo espanhol Xabi Alonso. Entre os jogadores mais duros encontramos o japonês Honda, com 19 faltas cometidas. Ele que, curiosamente, é também o jogador mais castigado pelos adversários: 23 faltas sofridas.

 

Em termos técnicos, as individualidades espanholas voltam a sobressair, com os homens da intermediária a acumular passes a um ritmo alucinante. Mas em termos percentuais, considerando apenas jogadores com um mínimo de 90 minutos disputados, são os sul-americanos a revelar maior acerto. Nos cruzamentos voltamos a encontrar um preponderante Xavi (25), apenas superado por Diego Forlan (26) e Landon Donovan (29). Em posse de bola, o alemão Sami Khedira foi quem maior território percorreu: 21,1km.

 

PASSES COMPLETOS:

Xavi   296

Sergio Busquets   282

Xabi Alonso   271

 

ACERTO NO PASSE:

Caceres   92%

Rodriguez/Bolatti/Filipe Melo   91%

publicado por N.T. às 01:20
Quinta-feira, 01 DE Julho 2010

A Argentina é a equipa mais rematadora do torneio, seguida de Espanha e Brasil. O Gana, contrariando a ideia de ser uma equipa mais retraída, fecha o quarteto das selecções que já ultrapassaram a barreira dos 70 remates, embora conte com mais 30 minutos disputados. Mas se Argentina e Inglaterra foram as únicas a acertar na baliza em mais de 30 ocasiões, só Japão (59%), Eslovénia (52%) e Holanda (50%) enquadraram na baliza os remates em metade (ou mais) das tentativas.

 

TOTAL REMATES:

Argentina  75

Brasil   74

Espanha   74

 

REMATES À BALIZA:

Argentina   36

Inglaterra   31

Espanha/Holanda   29

 

GOLOS:

Argentina   10

Alemanha   9

Brasil   8

 

Mas se a Argentina é quem mais remata, queda-se pela quarta posição no número de ataques. De acordo com as estatísticas disponibilizadas pela FIFA, a Espanha é a selecção mais ofensiva, com 68 ataques efectuados, seguida pela Inglaterra (62) e Brasil (59). Inglaterra e Espanha são também as equipas que mais cantos conquistaram no Mundial: 35 e 34, respectivamente. A Espanha é ainda a selecção que mais bolas cruza para a área (106), deixando a Alemanha (78) a uma larga distância. No capítulo do passe, o domínio do futebol curto espanhol é claro. São a selecção que mais, e melhor, passa. Alemanha e Honduras são quem mais arrisca na hora de efectuar o último passe. Os seus jogadores foram apanhados em situação de fora de jogo por 18 vezes.

 

PASSES COMPLETOS:

Espanha   2265

Brasil   1929

Argentina   1848

 

ACERTO NO PASSE:

Espanha   81%

Brasil   80%

Argentina   77%

 

A equipa que mais faltas sofreu na África do Sul foi o Japão (92, mais 18 que a Espanha), apesar de serem os espanhóis que mais quilómetros percorrem com a bola no pé dos seus jogadores (194.33km, mais 8.78km que os alemães). Em questões de contacto faz-se sentir a garra latino-americana. O México lidera com 84 infracções, logo seguida do Chile, a selecção que mais cartões recebeu dos árbitros, e Paraguai.

publicado por N.T. às 21:00
Julho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
fantasy league jabulani
fantasy league jabulani (clica na imagem)

Jabulani Fantasy League

Código - 361892-84570

arquivos
2010
pesquisar neste blog
 
Jabulani Blog

Divulga também a tua página
últ. comentários
28/06/2018 - Olá boa tarde . Pois gostaria de lhe ...
o craque do jogo foi o cavani
Olá pessoal! Estou aqui para trazer a vocês a gran...
Olá pessoal! Estou aqui para trazer a vocês a gran...
Olá pessoal! Estou aqui para trazer a vocês a gran...
Agora que o Mundial de futebol terminou, importa r...
Não sendo propriamente um criativo de futebol, que...
Sr. Gonçalo Sousa, você não foi para aqui chamado....
Se vais pelo número de jogos não podes por o Coent...
Isto é incrível.Qualquer merda hoje em dia tem um ...
Posts mais comentados
blogs SAPO