Domingo, 27 DE Junho 2010

Chegar ao século XXI, numa das mais importantes competições do mundo e ainda ter de assistir a golos não validados desta forma, não faz sentido absolutamente nenhum. Desde já aviso que não há "nada" a apontar à vitória dos Alemães (da forma como decorreu o jogo) que foi justa, foram a melhor equipa, mas o golo Inglês não foi o reduzir para 3-1 ou 4-1. O golo inglês foi o empate numa altura crucial em que os Ingleses estavam motivados e conseguiam empatar uma partida que a partir daquele momento poderia cair para qualquer lado, sendo que o mais certo seria cair para o lado alemão. Não quero discutir qualidade das equipas, a Selecção Alemã é melhor que a Inglesa, ponto final.

Blatter adora isto, Platini também, o mundial fica manchado de uma forma completamente desnecessária porque existem variadíssimos métodos que poderiam ser implementados para evitar este tipo de situações. Não sou a favor da "robotização" total da arbitragem, mas está claro que não validar um golo que entrou por mais de 1 metro não deveria acontecer num mundial de futebol. É pena que estes senhores que pensam ser os reis da sabedoria não aprendam com os americanos, que ainda este ano nas finais das suas mais importantes competições (NBA, NHL e NFL) utilizaram ainda mais tecnologia para evitar absurdos de arbitragem.

"All the managers and the stars of football are calling for it. Not everyone can be wrong, can they?", diz Shearer, "In the modern world we've got technology, let's use it.", Harry Redknapp, "Where is the technology? Instead we are talking about goal or no goal.", diz Capello.

p.s. entretanto, mais um jogo mais um erro escândaloso, primeiro golo da Argentina contra o México!

publicado por Pedro Varela às 18:50
Domingo, 06 DE Junho 2010

Blatter

Joseph Blatter voltou a reforçar a sua posição contra as novas tecnologias no futebol. Insistiu que a tecnologia iria "matar a paixão no futebol". As declarações do dirigente máximo da FIFA foram "Quando estamos num jogo de futebol não há classes sociais, todos somos iguais e todos, no estádio e na televisão, todos são peritos (...) Se introduzirmos tecnologia deixamos de poder ser peritos (...) Não queremos introduzir tecnologia, não há volta a dar. Queremos manter as emoções e a paixão que rodeia o futebol."

Engraçado que até compreendo o ponto que ele foca, mas não da mesma forma como é desenvolvida a teoria. Blatter toca num sentimento fundamental do futebol que é a paixão, e sem ela, o futebol perde grande parte da sua essência. Mas na minha modesta opinião, Blatter é contra as novas tecnologias porque dá muito jeito que a$$im o seja. Percebem? ;)

publicado por Pedro Varela às 21:26
Julho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
fantasy league jabulani
fantasy league jabulani (clica na imagem)

Jabulani Fantasy League

Código - 361892-84570

arquivos
2010
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
o craque do jogo foi o cavani
Olá pessoal! Estou aqui para trazer a vocês a gran...
Olá pessoal! Estou aqui para trazer a vocês a gran...
Olá pessoal! Estou aqui para trazer a vocês a gran...
Agora que o Mundial de futebol terminou, importa r...
Não sendo propriamente um criativo de futebol, que...
Sr. Gonçalo Sousa, você não foi para aqui chamado....
Se vais pelo número de jogos não podes por o Coent...
Isto é incrível.Qualquer merda hoje em dia tem um ...
Calça meia grossa, Ribeiro
Posts mais comentados
blogs SAPO