Domingo, 11 DE Julho 2010

Considerado pelos académicos como pai da guitarra clássica, o auto-didacta Andrés Segovia viveu com o propósito de elevar o instrumento conotado com o flamenco ao estatuto do piano ou do violino na música clássica. No seu repertório contam-se concertos e sonatas, transcrições de Albéniz, Mendelssohn, Bach, Haydn, Mozart, Händel e trabalhos para guitarra clássica de Sor e Tarrega. Influente como poucos, morreu aos 94 anos deixando o seu nome e trabalho para a posteridade.

publicado por Spinafro às 13:28
Sábado, 10 DE Julho 2010

Um homem de consciência, uma das muitas setas apontadas à crescente militarização da governação sul-americana nas décadas de 60 e 70, Daniel Viglietti esteve entre os pioneiros da Nueva Cancion, movimento folk sul-americano que tinha no chileno Victor Jara a sua expressão máxima. Após o golpe de Estado uruguaio de 1973, consequência directa de uma década de conflitos sociais e políticos, e perseguido pela forte carga ideológica das suas canções, Daniel Viglietti parte para o exílio, do qual regressaria apenas em 1984. Nesse período viveu entre a Argentina e Paris, empenhando-se na denúncia do regime de Bordaberry.

 

publicado por N.T. às 13:04
Quinta-feira, 08 DE Julho 2010

Com dois teclados, um walkman, um atendedor de chamadas e um pedal de guitarra se atiraram aos palcos os suíços The Young Gods. Reza a lenda que só depois do décimo concerto adquiriram o primeiro sampler. Partiram do rock industrial, foram pioneiros no recurso à electrónica (quase exclusiva, não fosse a presença da bateria) e também a souberam adoptar como género ao longo de progressivas renovações sonoras que os conduziram igualmente a fases de experimentação acústica (único campo de aparição da guitarra em "carne e madeira"). Fugindo aos temas mais evidentes dos longos 25 anos de carreira dos The Young Gods, e sem a carismática voz de Franz Treichler, 'Acid Strangel'.

 

 

publicado por N.T. às 13:21
Segunda-feira, 05 DE Julho 2010

Argelino de ascendência berbere, nascido em França, trocou o ténis, onde atingia relativo sucesso nos torneios juvenis, por outras paixões: a música e a filosofia. Auto-didacta no piano, chegou a frequentar o Conservatório e Toulouse. Kad Achouri descobriu o jazz nos 5 anos que viveu por Espanha. Em Londres, onde fixou residência, começou por ganhar a vida como pianista de bar, mas rapidamente absorveu os ritmos urbanos, em especial o house e o hip-hop.  Do cruzamento de várias influências resultou uma abusiva comparação com Manu Chao.

 

 

 

publicado por N.T. às 17:21

Hoje colocam-se as bandas e os cantores de parte para nos focarmos num instrumento: a fujara. Olhando a cultura eslovaca, é entre os hábitos dos pastores que encontramos o instrumento mais representativo da Eslováquia, inclusivamente reconhecido pela UNESCO como uma importante herança cultural da Humanidade. A fujara é uma derivação da flauta, mas com uma tonalidade que a aproxima do som do didgeridoo. Mede entre 150 e 170 centímetros.

 

publicado por N.T. às 10:58
Domingo, 04 DE Julho 2010

The Sweet Talks são mais uma banda oriunda dos vibrantes anos 70 africanos. Herdeiros do tradicional high life ganês que inspirara o nascimento do afrobeat, o grupo surgiu num momento em que as influências soul (norte-americanas) e pop (britânicas) ameaçavam tomar conta da música local. A motivação, segundo os próprios, evitar o que consideravam ser a desvirtuação cultural da música ganesa. Liderados pelo proprietário de um hotel na movimentada Tema, cidade que alberga o principal porto do País, os The Sweet Talks desde logo garantiram a sua montra, actuando 4 vezes por semana nesse espaço. Rapidamente se popularizaram pelo que localmente se designava como batida kusum (significa nativo de, neste caso do Gana) e é precisamente o álbum 'The Kusum Beat' que melhor personifica a identidade do grupo. Daí se retira 'Kykye Pe Aware'.

 

 

publicado por N.T. às 23:08
Sábado, 03 DE Julho 2010

Os Kraftwerk são tidos como os percursores de música de dança urbana e constantemente citados como "influências" deste ou daquele. Quando no ano da Revolução dos Cravos propuseram ao mundo 'Autobahn', Florian Schneider e Ralf Hütter já haviam gravado sob os Organisation e colaborado com membros dos Neu!, Can, Harmonia e Cluster. Tudo gente alemã, pois claro. Escrevia 'Autobahn' mas acrescentaria 'Ralf and Florian', 'Radio-Activity', 'Trans-Europe Express' e 'Computer World'. Hoje joga a Alemanha e começa o Tour de France.

 

publicado por Spinafro às 01:02
Sexta-feira, 02 DE Julho 2010

Compositor, saxofonista, alto, baixo. Be bop, hard bop, modal, free. Ellington, Parker, Monk, Davis, Chambers, Kelly, Joe Jones, Cobb. Dolphy, Garrison, Jones, Tyner, Sanders,  Alice, Shepp, Coleman, Ayler, Ra. Ascension, Giant Steps, A Love Supreme, Blue Train, Lush Life. O nome grande dos EU da A. Se é só do jazz, se é nicho deixo-vos à consideração. Há atrás etiquetas, colaborações, influências, discos mas interessa o génio. John Coltrane, para descobrir e eternizar.

 

publicado por Spinafro às 01:32
Quinta-feira, 01 DE Julho 2010

Quem é o autor das bandas sonoras de 'Bullit', 'Mission: Impossible', 'The Cincinnati Kid', 'Dirty Harry', 'Cool Hand Luke', 'Dirty Harry', 'Enter The Dragon', 'Mannix', 'Planet of the Apes'? Compositor, maestro e pianista, Lalo Schifrin é um dos mais prolíficos autores de música para cinema mas também com nome no jazz, na pop e na clássica. Um gigante. Como amostra para a História a espantosa cena inicial de 'Bullit', a montagem e Schifrin.

 

publicado por Spinafro às 19:14
Quarta-feira, 30 DE Junho 2010

Zu (Chongzhi), nome de matemático chinês. Zu, trio italiano que deambula pelo rock matemático, o metal, o noise e o jazz esquizofrénico de inspiração zorniana. Baixo, bateria e saxofone em conflito permanente com a electrónica. Os Zu são uma banda de cariz instrumental, embora a sua propensão por colaborações conduza a pontuais introduções de vocalizações. Formaram-se em 1997 para compôr, e interpretar, temas em peças teatrais. Em 1999 os Zu editaram o primeiro de 14 registos, 2 deles ao vivo. Do mais recente álbum, 'Carboniferous', pouco aconselhado a ouvidos sensíveis, 'Ostia '.

 

 

 

 

 

 

publicado por N.T. às 02:15
Julho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
fantasy league jabulani
fantasy league jabulani (clica na imagem)

Jabulani Fantasy League

Código - 361892-84570

arquivos
2010
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
o craque do jogo foi o cavani
Olá pessoal! Estou aqui para trazer a vocês a gran...
Olá pessoal! Estou aqui para trazer a vocês a gran...
Olá pessoal! Estou aqui para trazer a vocês a gran...
Agora que o Mundial de futebol terminou, importa r...
Não sendo propriamente um criativo de futebol, que...
Sr. Gonçalo Sousa, você não foi para aqui chamado....
Se vais pelo número de jogos não podes por o Coent...
Isto é incrível.Qualquer merda hoje em dia tem um ...
Calça meia grossa, Ribeiro
blogs SAPO